domingo, 17 de outubro de 2010

Ex-Prefeito de Batalha e Vereadora Shammara falam sobre resultado das eleições do 1° turno


O Ex-prefeito do Município de Batalha, Antonio Lages, esteve na última sexta-feira (15) ao lado da vereadora Shammara Maria (PR) concedendo entrevista a emissora de rádio Morro da Chapadinha FM em Esperantina.

Antonio Lages aproveitou a entrevista para agradecer aos batalhenses pela expressiva votação que o município deu para os candidatos que ele e seu grupo estava apoiando.

“Essa resposta da comunidade batalhense, é devido a nossa presença na cidade desde quando saímos da Prefeitura, atendendo cada comunidade no dia-a-dia, cada pessoa que necessita de algum tipo de apoio, nosso grupo está sempre presente”, disse Antonio Lages.

O ex-prefeito fez criticas a atual administração do município e disse que os batalhenses não estão satisfeito com a administração do atual gestor.

“A resposta agente presenciou nas urnas, que para nós foi muito gratificante”, disse o ex-gestor se referindo ao resultado das eleições no 1° turno.

Antonio Lages mais uma vez criticou a mudança da data de realização da festa do bode, das constantes mudanças de secretários na atual gestão, e da queda do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica do Município) que segundo ele foi bastante inferior se for comparado com o índice alcançado pela administração passada.

O ex-prefeito finalizou sua entrevista denunciando que na localidade denominada de “Garipina” está há quase um ano sem água.

Já a vereadora Shammara falou sobre o resultado das eleições do 1° turno e agradeceu a população pela boa votação que deram para os candidatos que ela também estava apoiando.

“O Povo foi às urnas e deu o troco para o atual prefeito de Batalha, isso mostra na votação que ele conseguiu obter para os candidatos dele, que foi pouca, diga-se de passagem,”, disse a vereadora.

Durante sua entrevista a vereadora criticou o atraso no envio do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Profissionais da Educação do Município de Batalha até a Câmara Municipal, e criticou também a falta de cadeira e mesas em algumas escolas da rede municipal de ensino.

A vereadora no final de sua entrevista disse que a Prefeitura de Batalha continua pagando R$ 950,00 reais para os professores de 40horas, em desobediência a Lei n° 11.738, de 16 julho de 2008, que de acordo com cálculos da Advocacia Geral da União (AGU), o professor 40hs deve receber o valor de R$ 1.024,67, sendo que esse valor já deve ser reajustado em janeiro de 2011.

1 comentários:

Anônimo,  19 de outubro de 2010 19:30  

A força da mulher vem cada vez mais sendo colocada a prova no mundo da política, no brasil vimos esse fato na atual disputa para presidente do Brasil. seria muito interessante que na próxima eleição Batalha tivesse uma candidata com sua determinação em defesa desse município tão esquecido pelos gestores do passado e atual como tambêm dos deputados e senadores desse estado. Espero ouvir um dia o seu nome como canditata a prefeita de Batalha.

Parabêns por sua atuação na defesa do povo de Batalha.

Riomar

FALE COM A SAMARA

  © Ricardo Melo The Professional Template by João Filho 2008

Back to TOP